Faltando quatro semanas para a estreia, novo preparador físico dará ênfase no trabalho de velocidade



O Tubarão está entrando na reta final de preparação para a Série B do Campeonato Catarinense. A quarta-feira indica exatamente a marca de quatro semanas até a estreia no torneio, agendada para o dia 30 de junho, contra o Carlos Renaux, no Domingos Silveira Gonzalez.


- São mais 28 dias até o primeiro jogo, mas dois dias antes a gente já começa a tirar o pé do acelerador. Temos, então, 25 dias de preparação. Vamos dar mais ênfase, agora, aos treinos de velocidade para que o grupo possa chegar em um estágio bom na primeira rodada e tenha lastro para a competição, especialmente quando as partidas forem quarta e domingo - analisa Márcio Vitória, o novo preparador físico do Peixe.


O experiente profissional chegou na Vila na última semana. Ele substitui Diego Almeida, que recebeu uma proposta da base do Corinthians. As duas décadas de carreira foram construídas no futebol gaúcho. Somando todas as passagens, são 12 anos no Novo Hamburgo. Além disso, esteve por duas vezes no Brasil-Pel, a última na Série B do Brasileirão de 2019, e trabalhou também no Caxias e Guarani-VA. Márcio elogiou o estágio de preparação do elenco do Tubarão.


- Vale a pena salientar que encontrei um grupo muito bem preparado, tive acesso a todas as informações, as cargas e volume de treino, a periodização que foi feita. Estamos dando sequência ao planejamento elaborado no início, mas é claro, dando o nosso tempero - exalta.


A pré-temporada do Peixe foi dividida em duas partes, paralisada por 45 dias entre março e abril em virtude da piora da situação do coronavírus na cidade. A segunda etapa foi iniciada em maio e, até o momento, quatro jogos-treino foram realizados. No último sábado pela manhã, a equipe bateu o Baruch por 7 a 0.

Destaque