Vinícius Kuerten destaca a força de vontade do grupo para o confronto com o Concórdia


O Tubarão aposta na juventude para os dois confrontos com o Concórdia no playoff do Campeonato Catarinense contra o rebaixamento. O elenco jovem pode ser uma arma para amenizar a longa parada. Foram mais de 100 dias sem atividades. A última partida do Peixe foi diante da Chapecoense, na Vila, em 15 de março.

- Ficamos 114 dias parados. Fizemos as atividades em casa orientados pela comissão técnica da melhor maneira possível, mas claro que não é a mesma coisa do dia a dia. Vamos igualar isso tudo na força de vontade. Nosso grupo está bem determinado, os treinamentos estão bem intensos - destaca Vinícius Kuerten. O defensor foi titular na campanha da fase inicial do Catarinense, participando de oito das nove rodadas. No total, ele já disputou dez jogos com a camisa do Peixe. Ao contrário da primeira parte da competição, o Peixe não poderá contar com o apoio do seu torcedor. A partida com o Concórdia ocorre com os portões fechados em virtude do protocolo de segurança elaborado pela Federação Catarinense de Futebol.

- Sem dúvida nenhuma a gente esperava contar com a presença deles. Entramos em campo para dar espetáculo para o torcedor, mas tenho certeza que eles estarão nos apoiando dentro de casa - acrescenta. Tubarão e Concórdia se enfrentam na terça-feira, dia 14, às 15h, no estádio Domingos Silveira Gonzalez. A partida de volta será no domingo, 19, no Oeste catarinense, às 16h.

Destaque