Peixe fecha o Catarinense 2017 com 19 pontos

23.04.2017

Foram 18 jogos, cinco vitórias, quatro empates, nove derrotas, 19 pontos conquistados e após oito anos longe da Série A, o Tubarão encerra sua reestreia no Catarinense na sexta colocação e com um calendário cheio para 2018. Neste domingo, no Camilo Mussi, a equipe foi superada pelo Almirante Barroso por 2 a 1 pela última rodada da competição, mas já estava com a permanência na elite consolidada. 

 

- Estou muito feliz por ajudar o clube a garantir a sua permanência na Séria A do Catarinense que é tão importante para a continuidade do projeto que a K2 tem. Agradeço a todos, mas principalmente ao torcedor que nos apoiou e deve se orgulhar da conquista e da campanha que o time fez esse ano - destaca o técnico Waguinho Dias.

 

Se o Tubarão entrava em campo sem correr algum risco na tabela, o Almirante Barroso estava ligado a dois jogos paralelos na luta para fugir do rebaixamento: Inter de Lages x Avaí e Figueirense x Metropolitano. Por isso, o time de Itajaí partiu para cima e fez 2 a 0 logo aos 10 minutos com Schwenk e Safira. Pouco tempo depois, Metro e Inter também abriram o placar em seus jogos. Com as três equipes vencendo, Barroso e Metropolitano dariam adeus à elite. 

 

No fim do primeiro tempo, Liel foi derrubado na área e o árbitro assinalou a penalidade máxima. Rentería - artilheiro do Catarinense ao lado de Jonatas Belusso com 11 gols, e que ainda joga esta noite contra o Joinville - cobrou e diminui para o Peixe. O Tubarão tentava o empate, mas o Almirante conseguiu segurar o placar. Na segunda etapa, em Lages, o Inter consolidou sua vitória com mais um gol. O lanterna Metropolitano - que venceu o Figueira por 3 a 1 - e o próprio Barroso encerraram a rodada sendo rebaixados.

 

Na parte de cima da tabela, Avaí e Chapecoense disputarão a final do Catarinense já que venceram turno e returno, respectivamente. Tubarão, Brusque e Inter de Lages são os classificados para a Série D do Campeonato Brasileiro de 2018.  

 

FICHA TÉCNICA 

 

 

Almirante Barroso: Rodolfo, Nei, Robenval, Téssio, Buru, Adriano Chuva, Van Basty (Carlos Henrique), Rosinei (Matheus Borelli), Schwenck, Safira e Diogo Dolem (Caio Felipe).

Tubarão: Luiz Carlos, Marcos Vinícius, Gustavo Bastos, Lucas Costa, Vitão, Liel, Paulo Vinícius (Matheus Gaúcho), Guilherme Andrade, Daniel Costa, Rafael Ratão e Rentería.

 

Arbitragem: Rodrigo D'Alonso Perreira, auxiliado por Neuza Ines Back e Clair Dapper.

Please reload

Destaque

Final do sub-17: Tubarão enfrenta o Criciúma na Vila buscando bicampeonato estadual

14.11.2019

1/10
Please reload

Notícias Recentes