Tubarão bate Juventus, chega a sétima vitória seguida e continua na liderança do Catarinense B

06.11.2016

Mesmo com o time reserva, o Peixe derrotou o Juventus por 1 a 0, fora de casa, no estádio João Marcatto, com gol do lateral Vitão, e chegou à sétima vitória seguida. O resultado mantem o Tubarão na liderança do Catarinense B, com 38 pontos - 21 deles conquistados nas últimas sete rodadas do returno. 

- O jogo mostrou a força do nosso grupo. Conseguimos colocar um time com nove jogadores com idade abaixo dos 24 anos. É o pensamento a longo prazo. Quando mudamos todas as posições e o resultado é positivo, temos um sinal claro de que o trabalho está sendo bem feito. Além da vitória, fiquei muito feliz pelo desempenho da equipe. Um time seguro, com alternativas, com posse de bola e transição na hora certa. Voltamos para a casa com um sentimento muito bom - destaca o técnico Marcelo Mabilia.

O treinador poupou os jogadores que vinham atuando como titulares nos últimos seis jogos e levou a campo os reservas. Com os laterais Marcos Vinícius e Vitão, a equipe criou boas oportunidades em um primeiro tempo bem aberto. Na segunda etapa, Jairo e Israel, meia-atacante das categorias de base, entraram e participaram da jogada mais perigosa da partida para o Peixe. O centroavante roubou a bola do goleiro Dida, passou para Israel acionar Paulinho, que chutou por cima do gol. Aos 39 minutos, a dupla de laterais voltou a aparecer. Marcos Vinícius sofreu falta, e Vitão cobrou rasteira para o gol: 1 a 0.

- Feliz pelo gol e, principalmente, pelo resultado. Mostramos a nossa força. O elenco é qualificado e quem entra da conta do recado. Nosso primeiro objetivo era o acesso. Conseguimos. Agora, vamos em busca do título, sabendo que teremos que trabalhar muito ainda por isso - salienta Vitão.

Nesta sequência de sete vitórias consecutivas, o Tubarão sofreu apenas um gol e marcou 17 vezes. Agora, o Tubarão tem três jogos contra o Almirante Barroso. O primeiro, no próximo final de semana, é o último da fase classificatória antes das finais. Com um empate, a equipe da cidade azul termina o campeonato na liderança e joga o segundo jogo da decisão na Vila. 


FICHA TÉCNICA

Juventus: Dida, Paulo Ricardo, Maceió, Alex Amaro, Baiano, Rodolfo Testoni, Jean (Bismark), Matheus Leiria, Sabia, Max e Marcelo Quilder (Márcio Tele). 

Tubarão: Neto Volpi, Marcos Vinícius, Joadson, Aldo, Vitão, Paulinho, Alex Nemetz, Lucas Gabriel (Israel), Lucas Crispim (Giordano), Maicon Talhetti e Felipe Ferreira (Jairo).

 

Arbitragem: Cinésio Mendes Júnior, Carlos Alberto do Aragão Junior e Tais Cristovao da Silva. 

 

Please reload

Destaque